Contas da gestão de Poio Novaes são desaprovadas pela Câmara

A Câmara de Vereadores de Avaré aprovou, por 8 votos a 5, parecer emitido pelo Tribunal de Consta do Estado de São Paulo (TCE/SP) pedindo a rejeição das contas da Prefeitura, nos anos de 2014 e 2015, durante a gestão do ex-prefeito Poio Novaes.  A votação foi realizada na segunda-feira, 24.

Os vereadores Adalgisa Ward, Coronel Moreeli, Cabo Sérgio, Toninho da Lorsa, Flávio Zandoná, Jairinho do Paineiras, Marialva Biazon e Alessandro Rios votaram favorável ao parecer. Ernesto Albuquerque, Barreto do Mercado, Roberto Araújo, Carlos Estati e Ivan da Comitiva votaram contra o documento do TCE.

Poio compareceu ao plenário da Câmara para defender as contas da sua administração. O ex-prefeito falou sobre a crise financeira, durante o período, e criticou o rigor dos conselheiros do Tribunal na análise dos números.

Diversos vereadores destacaram a lisura de Novaes como homem público, mas opinaram por acompanhar o TCE, por se tratar de um órgão técnico.

Com a rejeição das contas, Poio fica inelegível pelo prazo de oito anos, não podendo participar de futuras eleições. Ele ainda pode responder na Justiça pelas irregularidades apontadas pelo órgão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *